Maria Suany da Silva Andrade (esq) foi aprovada no Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), no Polo de Ceará-Mirim/RN. Aillanna Beatriz Soares de Melo (dir) passou no processo seletivo da Escola Técnica Agrícola de Jundiaí (EAJ-UFRN), ligada à Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

As tradicionais aulas de reforço se mantiveram ao longo de 2020 e 2021 e mais uma vez o esforço coletivo dos educadores obteve êxito.

Não é de hoje que as concorridas vagas para escolas técnicas federais do Rio Grande do Norte recebem fortes candidatos oriundos do Centro de Educação Integrada de Maracajaú (Ceimar), instituição mantida pela Fundação Grande Harmonia, atrelada à SEICHO-NO-IE DO BRASIL (SNI/BR).

Desta vez, nem as dificuldades oferecidas pelo isolamento social, e todos os outros efeitos da Pandemia da Covid-19, impediram que mais duas alunas fossem aprovadas logo na primeira chamada, mantendo uma tradição anual de sucesso no rigoroso processo seletivo.

As aprovadas – Ingressou no Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), no Polo de Ceará-Mirim/RN, a aluna Maria Suany da Silva Andrade. Já a aluna Aillanna Beatriz Soares de Melo passou no processo seletivo da Escola Técnica Agrícola de Jundiaí (EAJ-UFRN), ligada à Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Ambas cursaram o 9º Ano do Fundamental II de 2020.

No caso específico da EAJ-UFRN, mais alunos ficaram bem colocados, mas aguardam por segunda chamada. “Quase todos os alunos do Ceimar que fizeram a prova se classificaram ao menos para a lista de espera, o que para nós é um avanço e motivo de muito orgulho e gratidão”, aponta a Diretora Pedagógica e Administrativa do Ceimar, Psicóloga Dulcinea Silva de Lima.

Adaptação ao modelo de ensino híbrido foi fundamental – Por trás dos resultados obtidos pelos alunos do Ceimar está a adaptação às Tecnologias da Informação e Comunicação, que passaram a mediar aulas e atendimento à comunidade escolar, desde abril de 2020. “Além do esforço de todos os envolvidos, educadores, pais e, claro, os alunos, em se adaptarem ao aprendizado via telas e aplicativos, o segredo do sucesso foi a determinação”, explica a diretora Dulci, como é conhecida, que atribui o bom desempenho à aplicação dos princípios da Educação da Vida. “Começamos cada processo de preparação orientando os alunos da seguinte forma: ouse sonhar! Decida onde quer chegar e mentalize, se veja realizando seu sonho!”, acrescenta a psicóloga e assídua frequentadora do Ciclo de Estudos da Educação da Vida (CEEV) que o Ceimar mantém regularmente, entre outras atividades de formação ininterrupta de seus educadores-colaboradores.

Pais se emocionam com a vitória dos filhos e atribuem ao trabalho realizado pelo Ceimar – A sra. Aldieres Soares, mãe da aluna aprovada Aillana Beatriz, confessou não conter o choro de felicidade ao receber a notícia do sucesso da filha na concorrida prova. “Nossa emoção é enorme, porque vimos ser preparada por uma escola e profissionais que são referências”, avalia e elogia a orgulhosa mãe, que complementa dirigindo-se diretamente a todos os responsáveis pela qualidade de ensino oferecida pelo Ceimar: “Vocês me entregaram a Aillanna para um futuro que todo pai quer receber o filho, que é um futuro de sucesso por meio da aquisição de grandes conhecimentos, muito obrigada!”, agradeceu a mãe, voz embargada e rosto transbordando em lágrimas o coração incapaz de conter tanta alegria.

O dia a dia no Ceimar que resulta no sucesso de seus alunos – Os atuais 238 alunos do Ceimar continuam sendo atendidos de forma on-line e off-line. O formato encontrado foi decisivo para que fosse evitada a evasão escolar.

As aulas on-line seguem o horário normal (7h15min às 11h40min) e o off-line funciona com a entrega de atividades impressas que os pais pegam na escola todas as segundas-feiras. Os alunos têm uma semana para a entrega das atividades.

“Se fica alguma dúvida pendente, marcamos um horário presencial com todos os cuidados exigidos para que esses alunos venham à escola tirar as dúvidas com os professores”, explica a diretora Dulci.

Aulas de reforço e preparatórias para as escolas federais são realizadas na parte da tarde – O período vespertino é reservado para que os alunos do 1º ao 9º ano que apresentem alguma dificuldade recebam aulas de reforço. Eles são recebidos com hora marcada três vezes por semana.

No caso da preparação para as escolas federais, todos os alunos do 9º ano participam das aulas que são ofertadas também no período da tarde, entre 12h30min e 15h. São oferecidas aulas de português, matemática, história, geografia e ciências.

Gratidão ao trabalho da Fundação Grande Harmonia – A diretora Dulci salienta o apoio que o Ceimar recebe, em todos os sentidos e diuturnamente, da diretoria da Fundação Grande Harmonia, da diretoria da SNI/BR como um todo, e de toda a Seicho-No-Ie, aí incluindo doadores, mantenedores e todos aqueles que, de um modo ou de outro, apoiam o trabalho desenvolvido na escola.

“Se hoje podemos atender a essa comunidade que depende de nós até mesmo de forma vital em muitos aspectos, é porque temos a sustentação de todos, tanto da Fundação quanto da Seicho-No-Ie, num grande esforço que tem frutificado na transformação de vidas, famílias e da própria comunidade de Maracajaú, tão atingida pela atual crise trazida pela pandemia”, reconhece e agradece a diretora Dulci.

O atual Presidente Executivo da Fundação Grande Harmonia para a gestão 2021-2023 é o Preletor Romeu Pace Filho, que tem o auxílio direto da Presidente do Conselho Curador, Preletora da Sede Internacional Marie Murakami.

Torne-se Mantenedor ou faça sua doação – A Fundação Grande Harmonia sustenta, em termos de recursos, as atividades do Ceimar em parceria com a Secretaria de Educação de Maxaranguape/RN, município onde a escola fica sediada.

Há também mantenedores beneméritos como os Preletores Pedro, Inês, Valentin, Maria do Rosário e familiares que, mesmo tendo passado a Fundação para a Seicho-No-Ie no ano de 2008, continuam colaborando de forma fundamental com a manutenção do Ceimar.

Assim, são feitos grandes esforços de todas as partes para manter em dia os compromissos da instituição, cujo orçamento gravita sempre em torno do seu limite, sendo justo e “apertado”, de modo que toda contribuição é sempre bem-vinda.

Para quem sentir o desejo de contribuir, conheça as opções e siga as instruções acessando:

Por gentileza, ao efetuar sua doação enviar comprovante para o e-mail socialefilantropia@sni.org.br, para efeitos de controle. Muito obrigado.

Mais Boas Notícias