Museu Histórico da Seicho-No-Ie do Brasil

Museu Histórico da Seicho-No-Ie do Brasil
Vista panorâmica do Museu
Logo na entrada se encontra o Jardim Japonês com um lago ornamental de carpas coloridas (Nishikigoi)
Lago Ornamental com carpas Nishikigoi
Estas Carpas quando bem cuidado vivem mais de 100 anos.
Extensão da casa onde morava a família Matsuda
Atualmente funciona como Museu desde 11/11/2006
Sala da Casa da Colina (Koryo-so)
Conhecer
Sala Principal do Museu
Na entrada do Museu se encontra o livro de presença
Sala dos Irmãos Matsuda
Nesta sala temos muitas histórias de bravura e realizações que foram importantes na expansão do Movimento da Seicho-No-Ie no Brasil
Anterior
Próximo

Destaques

Veja os principais destaques do Museu Histórico da Seicho-No-Ie do Brasil, com histórias maravilhosas realizados pelos Pioneiros e desbravadores na expansão do Movimento no Brasil e Ibero América.

Bem vindos

É com grande alegria que apresentamos o Museu Histórico da Seicho-No-Ie do Brasil, parte integrante da SEICHO-NO-IE DO BRASIL.

O Museu não é apenas um local físico onde são guardadas peças que pertenceram aos pioneiros. Sim, ela resguarda memórias que relatam a coragem e determinação dessas pessoas que fizeram a história (…)

Quem Somos

O Museu Histórico da Seicho-No-Ie do Brasil é parte integrante da SEICHO-NO-IE DO BRASIL. (…) Foi inaugurado em 11 de novembro de 2006, e ocupa espaço da antiga Casa da Colina (Koryo-so),…

A casa integrada, que também foi residência da família Matsuda, preserva e mantém viva, como patrimônio perene, a memória do início e expansão do Movimento de Iluminação da Humanidade, encetado pela Seicho-No-Ie, no Brasil e América Latina.

Nossa Missão, Visão e Objetivos

Um de nossos objetivos é: Criar um ambiente em que cada visitante possa sentir o verdadeiro propósito com que cada um dos pioneiros se dedicou em prol do Movimento de Iluminação da Humanidade – Movimento Internacional de Paz Pela Fé, e a partir disso, fazer uma reflexão profunda sobre (…)

Notícias

Desde fevereiro de 2013, A Academia Sul-Americana de Treinamento Espiritual da Seicho-No-Ie, está no roteiro da Estância Turística da Cidade de Ibiúna – SP.

Comissão do Museu Histórico da Seicho-no-Ie do Brasil

Um de nossos objetivos é: Criar um ambiente em que cada visitante possa sentir o verdadeiro propósito com que cada um dos pioneiros se dedicou em prol do Movimento de Iluminação da Humanidade – Movimento Internacional de Paz Pela Fé, e a partir disso, fazer uma reflexão profunda sobre (…)

Vamos contar um pouco da história de dois jovens idealistas, pioneiros do Movimento Seicho-No-Ie: Daijiro e Miyoshi Matsuda.

Daijiro Matsuda, imigrante japonês, tinha vindo ao Brasil em 1928, com o sonho de fazer fortuna nas plantações de café. Logo adquiriu terras na zona rural de Duartina, interior de São Paulo, e ali começou o plantio de café trabalhando duro de sol a sol. (…)

Miyoshi Matsuda chegou ao Brasil em 1931, também como imigrante japonês, a fim de se encontrar com o irmão Daijiro, que precisava de ajuda na lavoura. Seu sonho, assim como o de muitos imigrantes, era um dia voltar ao Japão e poder ajudar seus pais. Na lavoura, durante três anos, a dura realidade angustiou aquele jovem inquieto que desejava ardentemente realizar algo grandioso e ajudar muitas pessoas, mas não sabia como.

Cafezal na cidade de Duartina, interior de São Paulo.

Memória viva do Movimento

O Museu Histórico da Seicho-No-Ie do Brasil possui um acervo composto por livros, revistas, documentos, fotos, imagens religiosas, vestimentas, aparelhos como gravador, toca-discos de 45rpm, megafones, microfones, filmadoras de 8 mm e 16 mm, projetores, máquinas fotográficas e algumas ferramentas de trabalho etc., que permite um passeio pela saga do início da divulgação da Seicho-No-Ie no Brasil, expandindo-se para o Ibero América, até os dias de hoje.

 

Este Totem do Museu Histórico da Seicho-No-Ie é uma obra do Artista Plástico Isamu Araki