CELEBRAÇÃO DE CASAMENTO

CELEBRAÇÃO DE CASAMENTO

O casamento é a união de filhos de Deus que, ao doarem-se mutuamente em sabedoria, amor e vida, transcendem o individual e suas almas retornam à unidade original, cada qual contribuindo para o desenvolvimento da natureza divina do parceiro.

“…uma ‘alma gêmea’ é uma preciosa existência que concretamente extrai, compartilha e reconhece minhas infinitas possibilidades como ‘filho de Deus’.” (TANIGUCHI, Masanobu. Orações Diárias, volume II. SP: Seicho-No-Ie do Brasil, 2019, p.77)

A essência do matrimônio é espiritual, e significa a oportunidade de aperfeiçoamento de almas, a partir de um encontro espiritual. Os cônjuges estão ligados nesta vida através de um carma longínquo e profundo. A vida conjugal faz com que o casal se influencie mutuamente, gerando um enriquecimento mútuo de suas personalidades e novos valores, como a formação de um lar, a geração de filhos. “A Seicho-No-Ie ensina que o marido e a mulher são cada um ‘alma gêmea’ do mundo da Imagem Verdadeira, isto é, da essência real da natureza” (TANIGUCHI, Masaharu. A Verdade, volume 5, 5ª ed. SP: Seicho-No-Ie do Brasil, 2017, p.188)

Quais são os procedimentos para celebrar o casamento pela Seicho-No-Ie?

Os noivos devem procurar o setor de Ofícios Religiosos da regional mais próxima (ver endereços) ou da Sede Centrala fim de tomar conhecimento das providencias legais e cerimoniais, com antecedência mínima, de 30 à 60 dias, para que haja um bom planejamento deste dia único em suas vidas.

Que tipo de casamento a Seicho-No-Ie realiza?

A Seicho-No-Ie oferece uma celebração completa, seja num “Casamento Religioso”, se os noivos já são casados no civil; seja num “Casamento religioso com efeito civil”, cuja Certidão de Habilitação Civil será fornecida pelo cartório, mediante documentação. O registro no cartório é um requisito fundamental para o casamento na Seicho-No-Ie.

Os noivos podem escolher onde realizar a cerimônia?

Sim, os noivos podem optar por realizar sua cerimônia religiosa em salão de festas, em sua residência, na praia, campo ou em uma das sedes da Seicho-No-Ie, como na Regional, Subsede, Sede Central e até mesmo no Santuário Hōzō.

Oficios 20080913CsJ_S_129 Casamento