Quem Somos

SABEDORIA E AMOR QUE TRAZEM A FELICIDADE!

O pessoal que está na fase da terceira idade – de 65 anos em diante -, também tem seu espaço garantido nas atividades da Seicho-No-Ie. Há um departamento exclusivo para cuidar com muito carinho dos idosos que frequentam as reuniões, visando aprender e praticar os ensinamentos, e de quebra ainda conquistar muitas amizades, fazer passeios e aproveitar essa etapa da vida com grande alegria e vivacidade.

O objetivo das reuniões para a terceira idade da Seicho-No-Ie é promover a transmissão do ensinamento, numa convivência de amor, de modo a proporcionar o suprimento de todas as necessidades desta fase especial – saúde física, mental, espiritual e social. Transcendendo a idade cronológica, as reuniões trazem atividades diversas como palestras, passeios, apresentações artísticas, Treino do Riso, música, entre outras, que promovem a manifestação plena de suas capacidades, tornando os participantes fortes referências de alegria, amor e espiritualidade na família.

A pluralidade dos eventos conduzem os participantes a reencontrarem o bem-estar nas relações humanas, estabelecidas na convivência com o grupo. As questões pessoais vivenciadas nesta fase como o medo de envelhecer, a solidão, os desconfortos do corpo e da mente, vão perdendo espaço para as sensações de amizade, companheirismo, alegria, dinamismo e, claro, desenvolvimento da espiritualidade, levando-os a se conectarem com a grandiosa força de Deus que a tudo vivifica e a consciência de que todos podem viver esse momento de vida da melhor forma possível.  

Além das atividades desenvolvidas nas reuniões da terceira idade, os participantes poderão inscrever-se nos eventos dos “Clubes da Seicho-No-Ie”, que são: Clube de Artesanato, Horta orgânica e Bicicleta, implementando essas saudáveis atividades em sua vida diária.

 

Coordenadores Nacionais do Departamento

Ana Maria Castro

Coordenadora Nacional do Departamento da Terceira Idade pela Associação Pomba Branca.

Raimundo Helierson Oeiras Maia

Coordenador Nacional do Departamento da Terceira Idade pela Associação Fraternidade.

ENTREVISTA COM OS COORDENADORES NACIONAIS DA
TERCEIRA IDADE

O sistema de cogestão do Departamento da Terceira Idade tem se mostrado uma forma organizacional arrojada e eficiente. A Associação Pomba Branca da SEICHO-NO-IE DO BRASIL e a Associação Fraternidade da SEICHO-NO-IE DO BRASIL compartilham decisões e ações, de modo que desenvolvem um trabalho abrangente em todos os sentidos.

A fim de trazer ao nosso público os detalhes desse modelo de expansão, e de apresentar quem são, o que pensam e como interagem os Coordenadores Nacionais, o Gabinete de Comunicação da SEICHO-NO-IE DO BRASIL entrevistou-os no dia 19 de outubro de 2020.

Por parte da Associação Fraternidade respondeu o Coordenador Nacional, Preletor em Grau Máster Raimundo Helierson Oeiras Maia. Pela Associação Pomba Branca nos atendeu a Coordenadora Nacional, Divulgadora Ana Maria Castro.

Ele, Preletor em Grau Máster, Comenda Círculo de Luz, Oficial da Aeronáutica aposentado, Membro da Comissão Executiva Central (CEC) da Associação Fraternidade da SNI/BR e ainda exercendo simultaneamente os cargos de Vice-Presidente da Associação dos Educadores e de Secretário do Conselho Doutrinário Organizacional Regional (CDOR) da Regional SP-SANTANA.

Ela, Psicóloga Clínica com 34 anos de experiência, Especialista em Terapia Comportamental, Membro da Comissão Executiva Central (CEC) da Associação Pomba Branca da SNI/BR e até pouco tempo exercendo a função de conselheira de Associações Locais da Associação dos Jovens (AJSI/BR), na Regional SP-JABAQUARA.

Em comum a ambos, um entusiasmo verdadeiramente juvenil pôde ser sentido durante a Live em que atenderam a equipe de reportagem. Tanto o Preletor Maia quanto a Divulgadora Ana Maria tinham sorrisos fáceis, comentários espirituosos e, acima de tudo, convicção da Verdade de que a alma jamais envelhece.

Confira as respostas de cada um para perguntas que foram feitas simultaneamente a fim de que o público pudesse ter uma ideia da sincronicidade entre os dois.  Ambos ocupam, em igual responsabilidade, a função de referências do Departamento de Terceira Idade da SEICHO-NO-IE DO BRASIL como Coordenadores Nacionais.


Gabinete de Comunicação – É notório que o Departamento da Terceira Idade, mais do que uma rubrica organizacional, é um estilo de vida, uma forma alegre de viver que é a marca dos praticantes da Seicho-No-Ie. Descrevam como esse verdadeiro estado de espírito está presente na vida de ambos, certamente na mesma medida em que vocês investem os seus espíritos nesta função.

Raimundo Maia – Tenho 74 anos de idade e, como jovem idoso que sou, estou sempre muito feliz em cada momento do meu cotidiano. Há uma razão para isso: passo 24 horas por dia preenchendo a minha mente com os ensinamentos da Seicho-No-Ie. São 42 anos praticando o Ensinamento. Penso que não há como divulgá-lo sem vivenciá-lo. Já que viver a Seicho-No-Ie é sinônimo de divulgá-la, particularmente acredito que atuar pela Terceira Idade é a melhor forma de ser um praticante do Ensinamento. Então, viver é praticar e praticar é viver esse Ensinamento maravilhoso.

Ana Maria – Quando a Presidente Nacional da Associação Pomba Branca, Preletora Viviane Hara, me chamou para uma reunião na Sede Central e entrou na sala acompanhada com suas vice-presidentes, percebi de cara que se tratava de algo especial. Mas, quando ela me convidou para assumir a Coordenação Nacional da Terceira Idade, percebi como tudo está conectado no mundo mental. Lembrei-me que um tempo atrás cheguei a planejar e desejar ardentemente realizar um trabalho com esse público. Minha visão de um idoso não é a de um “velhinho” ou uma “velhinha”. É a de uma pessoa cheia de energia, mobilidade e alegria. É desse modo que imagino que todos devem ser, e enxergarem a si mesmos, ao atingirem idades mais avançadas.



Gabinete de Comunicação – Como vocês pessoalmente encaram a missão de atuar pelo Movimento da Seicho-No-Ie?

Raimundo Maia – Sou um servo de Deus. Vou trabalhar para Ele através da Seicho-No-Ie até quando chegar a hora de ir para o mundo espiritual. Pretendo estar a mil por hora até o último momento. Agradeço a Deus por estar neste Ensinamento desde os 33 anos de idade. Graças à Seicho-No-Ie sou feliz no casamento, tenho três filhos e seis netos maravilhosos e desfruto de vigor e excelente saúde.

Ana Maria – Para mim, a Seicho-No-Ie é sinônimo de atitude. Desde a minha vida profissional até as atividades que desenvolvo pela Seicho-No-Ie, acredito que quando um dirigente abraça a causa, tudo anda maravilhosamente bem. Por conta disso, sou muito feliz e realizada em todos os sentidos.


Gabinete de Comunicação – É visível em ambos um aspecto comum: vocês são convictos e, modo de dizer, verdadeiros militantes da necessidade de banir o estigma de que idoso seja sinônimo de “velho”. Comentem essa mudança de paradigma que o Departamento da Terceira vem promovendo ao longo dos anos.

Raimundo Maia – Como sempre digo: idoso sim, velho não. Enquanto o coração está palpitando é Deus que está palpitando dentro de nós. Se Deus é disposição e jovialidade infinitas, então isso também habita dentro de mim, agora mesmo, qualquer que seja a minha idade. Na Seicho-No-Ie aprendemos que enquanto tivermos um pingo de vida devemos sorrir e nos alegrar, porque dentro de nós habita a Vida, eternamente jovem.

Ana Maria – Temos que superar o estigma de que a terceira idade seja constituída por um público que vai no fluxo inverso da vida, da alegria e da dinamicidade. Isso não existe. Toda pessoa que chegou a uma certa idade avançada, seja qual for, ainda tem muito a oferecer. Aliás, tem mais do que os outros, porque já viveu mais.


Gabinete de Comunicação – Como vocês veem o perfil do idoso que participa das atividades do Departamento da Terceira Idade?

Raimundo Maia – Vou responder citando um exemplo. Recentemente, realizei uma Visita de Bênção Virtual a um dirigente da Associação Fraternidade local que reside em uma cidade do norte de Minas Gerais. Ao me informar que tinha 92 anos de idade e mais de 50 anos de Seicho-No-Ie, fiquei admirado com a postura dele. Firme como uma rocha, ele expandia de si verdadeiras labaredas de felicidade. Em um dado momento ele me disse: “Senhor Maia, a maior felicidade que eu tenho é estar vivo ainda para poder trabalhar em prol do meu semelhante e pela Seicho-No-Ie”. Definitivamente, trata-se de um exemplo do perfil de quem participa e ajuda a organizar as atividades do Departamento da Terceira Idade.

Ana Maria – Particularmente, meu objetivo é despertar os idosos para o fato de que, qualquer que seja a idade, eles ainda têm muita lenha para queimar, conforme diz o jargão popular. Mas não se trata de reconhecer que essa energia é limitada. Cada um carrega a própria Vida Infinita da Imagem Verdadeira, da criação Original de Deus.


Gabinete de Comunicação – Como funciona, na prática, a parceria entre a Associação Fraternidade e a Associação Pomba Branca na condução dos trabalhos do Departamento da Terceira Idade?

Raimundo Maia – Sinto-me à vontade para responder essa pergunta porque, particularmente, desde sempre trabalho muito pela Associação Pomba Branca. Inclusive, sempre brinco que já ocupei todos os cargos na Seicho-No-Ie, menos Presidente da Associação Pomba Branca por força da natureza (risos). Na prática, o que ocorre no Departamento da Terceira Idade é o Musubi colocado em ação, ou seja, trabalhamos juntos e unidos para levar essa Verdade maravilhosa ao maior número de pessoas e transformar suas vidas para melhor. Isso significa dizer que eu a Ana Maria atuamos com os mesmos ideais e regulamentos, de modo que estamos afinados em uma mesma linguagem.

Ana Maria – Concordo como Maia e acrescento: como não é somente o Departamento da Terceira Idade no qual funciona a parceria de atividades entre as Organizações, já recebemos um Know How nesse sentido. Para que os(as) dirigentes do Brasil abracem a causa de forma unida, e de modo a fazer tudo andar bem, como de fato acontece, é preciso que demos o exemplo a partir da Sede Central. Por isso, primamos por atuar com nesse sentido.


Gabinete de Comunicação – Deixem uma mensagem para dirigentes, adeptos e simpatizantes da Seicho-No-Ie sobre a importância do Departamento da Terceira Idade.

Raimundo Maia – Conheça o trabalho, participe e convide mais pessoas para participar. No fundo, não se trata somente de um evento que traz alento espiritual, alegria para a alma e qualidade de vida para o corpo. Estamos falando de vivermos infinitamente felizes. Não existe fim, porque a Vida é Eterna. Podemos viver essa vida eterna desde já. Olhem para mim. Quase 75 anos, me sentindo jovem, casado com a minha garotinha, a Rachelzinha, de 72 anos, que também é preletora, e todos os dias é uma nova alegria. Quem alcança essa faixa etária precisa se tornar ainda mais útil aos seus familiares e descendentes, pois é uma luz de sabedoria que ilumina a vida de todos.

Ana Maria – Vamos lançar um olhar cada vez mais carinhoso ao Departamento da Terceira Idade. Vamos unir nossos esforços para alcançar um número cada vez maior de pessoas. Seja ao nível de Regional ou de Associação Local, vamos desenvolver cada vez mais atividades em parceria. Esse trabalho é certeza de sucesso em todos os sentidos, tanto do ponto de vista da salvação da alma e da qualidade de vida para o corpo, quanto da perspectiva do Movimento em si.

EQUIPES QUE COMPÕEM O DEPARTAMENTO DA TERCEIRA IDADE (NACIONAL)

A Organização por trás de todas as atividades da SEICHO-NO-IE DO BRASIL carrega traços tradicionais e históricos tais como:

– Preletores, divulgadores e dirigentes de comprovada experiência atuam em equipe em completa sinergia.

– Formam grupos imbuídos de um profundo amor ao próximo, determinados em transformá-lo em ações concretas de salvação do semelhante.

– O caráter voluntário e totalmente motivado pelo espírito de doação resulta em dedicação absoluta, ao nível dos detalhes.

Sob tais premissas, o Departamento Nacional da Terceira Idade é formado pelos seguintes nomes e funções:

 

Membros da Diretoria Nacional do Departamento da Terceira Idade pela Associação Fraternidade da SEICHO-NO-IE DO BRASIL

 

Coordenador Nacional: Preletor Raimundo Helierson Oeiras Maia.

Vice-Coordenador: Preletor João Carlos Goncalves (Regional SP-CAMPINAS).

Vice-Coordenador: Preletor Expedito da Silva (Regional SP-SÃO JOSÉ DOS CAMPOS).

Vice-Coordenador: Hélio Balduino (Regional SP-PENHA).

Vice-Coordenador: Preletor Jorge Kawasaki (Regional SP-PINHEIROS).

Conselheiro: Preletor Jairo Borges da Silva (Regional SP-CAMPINAS).

Conselheiro: Preletor Ricardo Santos (Regional SP-SANTOS).

Coordenador SP-SÃO MIGUEL PAULISTA: Divulgador Missao Nagata.

Coordenador Regional SP-SANTANA: Preletor Yushiro Takahashi.

Coordenador Regional SP-SANTOS: Preletor Luiz Alberto.

Coordenador Regional SP-SANTO ANDRÉ: Preletor Luiz Yano.

Coordenador Regional SP-SÃO BERNARDO DO CAMPO: Preletor Carlos Alberto.

Coordenador Regional SP-OSASCO: Preletor Irineu Coelho de Almeida.

Coordenador Regional BA-BARRIS: Preletor José Carneiro.

Coordenador BA-PITUBA:  Divulgador Marcello Cláudio Ribeiro.

Coordenador RJ-NITERÓI: Divulgador Emiterio Pereira Silva.

Coordenador Regional SP-SANTANA: Preletor Jorge Kamia.

 

Membros da Diretoria Nacional do Departamento da Terceira Idade pela Associação Pomba Branca da SEICHO-NO-IE DO BRASIL

 

Coordenadora Nacional: Divulgadora Ana Maria Castro.

Vice-Coordenadora: Preletora Graciela Acquiste Oliva.

Vice-Coordenadora: Preletora Simone B. Moura Santana.

Secretária Executiva e de Comunicação: Divulgadora Teresa Takemura           Kawasaki.

Membro Nacional: Preletora Cilene Luiza da Costa (Coordenadora Regional BA-PITUBA).

Membro Nacional: Preletora Benedita Charles (Coordenadora Regional SP-SANTOS).

Conselheira Doutrinária: Preletora Clotilde Benites Lagoeiro (Membro da Diretoria da Casa de Repouso Grande Harmonia na Academia Sul-americana de Treinamento Espiritual de Ibiúna).