Histórico da Academia de Treinamento Espiritual da Seicho-No-Ie – Santa Fé – BA

O local foi consagrado, oficialmente, em 16 de setembro de 1989 com a presença do professor Katsumi Tokuhisa.

De 13 a 19 de setembro de 2009, cerca de 500 pessoas participaram do evento que marcou os 20 anos da existência da Academia de Treinamento Espiritual da Seicho-No-Ie – Santa Fé (BA). Na época foi realizado um Seminário Geral de Treinamento Espiritual de Oferenda de Trabalho (Seminário Um Modo Feliz de Viver) que teve na programação espaço para depoimentos dos líderes pioneiros, cuja história se funde com o surgimento da academia. O resultado foi surpreendente, motivo de grande alegria e emoção a todos os participantes. Foi também realizada uma homenagem à saudosa preletora Ilona Von Czekus Noguerol Fernandez, falecida em 06/01/2008, com uma mensagem proferida pela preletora Maria Helena Von Czekus, afirmando que a preletora Ilona certamente estaria ali em espírito, mas se ela pudesse usar o microfone diria assim: “Esta Academia é fruto do amor de cada um dos senhores”.

Dentre todos os pioneiros presentes, a preletora Moema Cardoso relembrou os tempos em que organizavam caravanas da Bahia para a Academia de Ibiúna com 18 ônibus, alimentando assim a consciência da necessidade de erguer uma academia no Nordeste do Brasil. A preletora Moema afirmou que foi graças ao amor dos líderes das Regionais, da Sede Central, da Sede Internacional e dos governantes da época que o sonho se concretizou.

Estavam presentes também os preletores Mário Pinto Brandão Júnior, Nilza Macedo, Magnólia Maria Portugal, Gilberto Costa, José Carlos Lavigne e Cilene Luiza da Costa. Ainda foram citados os funcionários Elpídio Miranda dos Santos e Flaviano Bonfim de Brito que colaboram intensamente nos primórdios da aca- demia. Alguns aspectos singulares da Academia de Santa Fé devem ser ressaltados. A Academia possui uma música em sua homenagem chamada “Santa Fé”, de autoria do preletor Kalu Calheiras que foi executada durante as homenagens. Os líderes e adeptos definem a Academia de Santa Fé como “Santa Fé – o Santuário do Amor”. Santa Fé é obra de Deus no Nordeste do Brasil.