Histórico da Academia de Treinamento Espiritual da Seicho-No-Ie de Goiás – GO

As reuniões de vizinhança na cidade de Aparecida de Goiânia se iniciaram no ano de 1985. Essas reuniões foram itinerantes em residências, colégios e salas alugadas, mesmo depois do registro da Associação Local.

Em 1991, a Preletora Mabel Melo de Oliveira Souza iniciou a construção de uma sala para as reuniões dos adeptos, porém essa construção foi interrompida até que houvesse recursos financeiros para prosseguir. Assim que a construção parou, seu esposo retomou as obras sem que ela soubesse, para lhe fazer uma surpresa. Ele concluiu a obra em 1995, entregando um salão com capacidade para 150 pessoas, banheiros masculino e feminino, cozinha, sala de som, secretaria, recepção e sala de orientação pessoal, jardim e lago com cascata.

Como a obra estava muito além da capacidade do número de adeptos da cidade, para ser bem aproveitada, iniciou-se a realização de diversos seminários, promovidos pela Associação Local Pomba Branca da cidade de Aparecida de Goiânia e também pelas organizações da Seicho-No-Ie da Regional GO-GOIÂNIA. Os eventos eram geralmente de um dia para os adultos e dois dias para os jovens. Nessa época, os jovens pernoitavam no próprio salão.

Desta forma, o senhor Heber Hur Cordeiro de Souza, esposo da preletora Mabel, adquiriu o imóvel ao lado e construiu uma área coberta para as refeições e um prédio de dois andares para alojamento, dividido em masculino e feminino. A partir dessa construção, houve a continuidade de utilização dos espaços da Associação Local Aparecida de Goiânia, para a realização de eventos regionais e atividades para crianças e gestantes. A Regional DF-BRASÍLIA foi parceira e participava também de vários desses eventos.

O espaço foi mobiliado e mantido pela família Souza até o ano de 2013, quando a Supervisora Administrativa e Doutrinária da Regional, nesse período, Preletora Odária da Conceição Guimarães recebeu a visita do Preletor Ênio Maçaki Hara que sugeriu que todo o espaço fosse transformado em uma Academia de Treinamento Espiritual. Informados da intenção, o senhor Hur Cordeiro de Souza e a Preletora Mabel Melo de Oliveira Souza concordaram e providenciaram a doação legal do imóvel. A partir daí, várias campanhas foram feitas entre os adeptos para que fossem efetuadas melhorias.

A Academia de Treinamento Espiritual da Seicho-No-Ie de Goiás conta com o amor e o acolhimento das pessoas das Regionais: GO-GOIÂNIA, GO-GOIÁS, DF-BRASÍLIA e TO-PALMAS para o cumprimento da sua nobre missão designada por Deus e tem colaborado com o treinamento espiritual de milhares de pessoas dos estados de Goiás, Distrito Federal e Tocantins.