Artesanato: sobre dizer “sim” para a vida

Texto por Eduardar Iachinski, Regional RS-Passo Fundo

Qual foi o último desafio que você aceitou?

Essa pergunta pode soar um tanto clichê, mas basta que seja impulsionado tal questionamento para compreendermos o porquê de ser tão utilizada a fim de cativar leitores e ouvintes. Nós, enquanto seres humanos, temos o desejo incessante de criar e deixar marcas no mundo que reflitam o que a vida significa para cada um de nós, bem como a nossa real essência de filhos de Deus.

Ao falarmos sobre arte estamos nos referindo a marcas únicas no mundo, inspiradas pelos mais diversos sentimentos e criadas sob diferentes contextos, em uma dinâmica constante que varia de acordo com o olhar do artista e do admirador. Especificamente o artesanato, forma de expressão delicada e poderosa, aponta novos significados, para itens nem tão novos, por meio  da criatividade.

Praticar a técnica manual de produção permite ao artesão testar seus limites todos os dias, aprimorando sua habilidade a cada objeto produzido, transformando-o em algo especial e fruto de sua própria jornada. Muitos acreditam que sua utilidade em nossas vidas é transformar produtos descartáveis em material reaproveitado – tenho certeza de que você já se deparou com alguma decoração feita de garrafas PET – mas não é apenas isso.

Um produto feito à mão vai além de um item decorativo: é a expressão da Vida de Deus por meio do talento artístico. Os bons momentos, as superações e alegrias de uma história podem ser representados com o manuseio de agulha e linha, de um pincel, de uma bacia com ingredientes e até mesmo de um bastão de cola quente. O artesanato nos ensina a dizer “sim” para um universo de possibilidades que está mantido dentro de cada um de nós e que não será expressado por mais ninguém, pois é original e particular, mas que merece ser compartilhado.

 

Praticar algum passatempo ou exercer uma profissão artesanal é sobre aceitar desafios todos os dias e superar suas próprias expectativas em relação a si mesmo. Nesse conceito de vivificação e expressão artística por meio de práticas sustentáveis, norteado pela ideia de que seres humanos e natureza são unos, é que se baseia o Clube de Artesanato da Seicho-No-Ie, possibilitando a troca de conhecimentos e experiências entre os adeptos. Que tal começar hoje mesmo uma aventura pelo mundo do artesanato e dizer SIM para o que a Vida está guardando dentro de ti?

Para isso, basta acessar o link e participar do grupo! https://www.facebook.com/groups/clubedeartesanatodaseichonoie