Você pode ser muito mais feliz!

Wá-há-há-há…

 

O riso no início soa forçado, e os mais tímidos tentam soltar a voz. Os que estão pela primeira vez se assustam e, no íntimo, pensam “Que coisa de louco é essa?” Mas aos poucos, a alegria contagia o ambiente, as pessoas vão se soltando e o riso se torna cada vez mais solto, até que todos literalmente choram de tanto rir. E assim é realizado mais um Treino do Riso da Seicho-No-Ie.

 

A prática, realizada sobretudo nos Seminários de Treinamento Espiritual nas Academias da Seicho-No-Ie, tem como princípio a manifestação da alegria, atributo divino que traz a felicidade. Ela é sempre precedida de uma explicação, pela qual compreendemos que Deus não é somente Amor infinito, é também Alegria infinita.

 

“Sendo todos os homens, filhos do Grande-Pai, não há nenhum homem, por mais sério que seja, por mais sisudo que seja, que não tenha essa alegria imensa no seu interior, prestes a explodir em contagiantes risos de alegria. 

Se Deus é Alegria, através do ato de rir podemos manifestar Deus. Assim, através do Treino do Riso manifestamos o nosso Deus interior. 

O riso se reveste de uma importância tão grande que o Mestre escreveu na Revista Seicho-No-Ie, edição no 1, o tópico “Na Seicho-No-Ie, vivemos sorrindo alegremente”.

(Material Explicativo sobre o Treino do Riso – julho 2008)

 

A Seicho-No-Ie sempre foi conhecida pelo otimismo e positivismo de seus ensinamentos e pela postura de seus seguidores, que buscam sempre olhar o lado bom de todas as pessoas coisas e fatos. É através desse modo feliz de encarar a vida, que se vive alegremente, sorrindo e agradecendo sempre. No lar onde reina a alegria e a fisionomia feliz, as pessoas dificilmente ficam doentes, a harmonia predomina e as pessoas progridem infinitamente.

 

Algumas pessoas podem pensar: “Mas estamos vivendo dias difíceis, como podemos viver sorrindo alegremente? Vamos esperar as coisas melhorarem, e então poderemos rir e ficar alegres.” E assim condicionam seu estado de espírito a fatores externos.

 

No entanto, é justamente nesses momentos difíceis que devemos praticar o treino do riso para exteriorizar essa alegria divina que já é peculiar ao ser humano. Assim, todas as coisas parecerão ser mais simples e fáceis, e poderemos vencer as dificuldades com mais tranquilidade. A manifestação da alegria e o pensamento positivo são o melhor remédio para combater os estados de desânimo e tristeza, ocasionados pelas vicissitudes da vida. E mais: mantendo esse estado de espírito positivo, melhoramos também as nossas funções fisiológicas: normaliza-se a circulação sanguínea, as defesas do organismo se fortalecem, e aumenta a capacidade curativa natural.

 

Sempre que possível, feche-se no seu quarto, olhe-se no espelho e ria! Olhando para sua imagem refletida no espelho, procure gravar na mente a ideia de que dentro de você existe abundante felicidade. E ria novamente, ria alto. Quanto mais triste se sentir, mais você precisa rir. Quando o riso sobrepujar a tristeza, ela desaparecerá. Saiba que a fisionomia carrancuda, séria e triste, afasta as pessoas ao seu redor, e faz você perder incontáveis oportunidades de interagir com elas. Então, afaste qualquer sombra de tristeza, e as pessoas se unirão a você, atraídas pela sua alegria.

 

Segundo especialistas, o riso conecta às pessoas, proporciona interação e mais disposição ao convívio, manifesta-se assim um lado mais pacífico nas relações, pois alivia tensões. Através do riso, mostramos estar abertos ao diálogo e ao conhecimento.

 

No livro A Verdade da Vida, Volume 7 está descrito o caso de uma dona de casa da Califórnia que, tendo passado por diversos sofrimentos, entrou em estado de depressão, não conseguia dormir, comer, nem fazer nada normalmente. Um dia tomou a decisão de expulsar a melancolia e a tristeza que a oprimiam, através do riso. Aproveitava todas as oportunidades para rir alto, e mesmo enquanto estava só, olhava para o espelho e ria de sua própria imagem. Com o tempo, e persistindo na prática, ela saiu do estado depressivo, sua saúde e seu temperamento melhoraram de tal forma, que as pessoas ao seu redor, contagiadas pela atmosfera alegre e feliz dessa senhora, também passaram a viver alegremente, e o seu lar se tornou um verdadeiro paraíso.

 

São inúmeros os benefícios de uma forma alegre e positiva de viver, que são também atestados pela ciência, em inúmeros experimentos. Tanto é que a “Risoterapia” é largamente difundida para combater a depressão e outros estados psicológicos alterados.

 

O estado de alegria faz o organismo produzir um hormônio chamado endorfina, que tem efeito relaxante, e traz também inúmeros benefícios à saúde, pois controla a pressão sanguínea, melhora o sono e traz uma enorme sensação de bem-estar.

Hoje, há muitos profissionais de saúde que defendem a entrada das risadas no dia a dia dos pacientes internados através de iniciativas como o trabalho dos “Doutores da Alegria”, atores vestidos de palhaços-médicos que visitam crianças nos quartos e UTI dos hospitais, promovendo momentos de alegria e descontração. O resultado é uma visível melhora na recuperação dessas crianças.

 

O princípio que torna os “Doutores da Alegria” engraçados tem a ver com a flexibilidade de pensamento defendida pelos especialistas em humor – aquela ideia de ver as coisas pelo lado bom. Por sua vez, o Princípio do Relógio de Sol preconizado pela Seicho-No-Ie, baseia-se no seguinte princípio: “Eu registro apenas as horas em que o sol brilha.” Aliás, o Diário do Relógio de Sol é uma excelente ferramenta para buscar alegria e felicidade no dia a dia.

 

No livro A Chave da Vida Feliz, o Mestre Masaharu Taniguchi nos fala que uma das condições para a concretização do ideal é ter a mente alegre. Ele nos exorta a sorrir todas as manhãs diante do espelho recebendo com mente alegre o novo dia que se inicia: “Como estou feliz e contente!”

 

Compreendemos assim que viver mais feliz depende de cultivar o hábito saudável de transformar as situações difíceis em alegre aprendizado, e seguir em frente, com autoconfiança e determinação. Assim, a máxima “rir é o melhor remédio” torna-se maravilhosa ferramenta para ser cada vez mais feliz.

 

E você, já riu hoje? Vamos treinar?

Wá-há-há-há… 

 

Kati S. Miura

Você pode ser muito mais feliz! Fonte de Luz. São Paulo, set../2019. Ensinamentos básicos, praticar a Seicho-No-Ie é..., pp.11-14.​