Quero ouvir Deus

img pv terceira idade artigo quero ouvir deus Quero ouvir Deus

Você já pode ter se questionado alguma vez na vida, ou até mesmo no dia de hoje: onde está Deus que não me responde? Isso ocorre, geralmente, nos momentos de grande angústia, quando um ente da família está doente, ou quando há algum problema financeiro, ou ainda quando não se encontra um trabalho, para citar algumas situações. O fato de você buscar uma orientação “superior” em situações difíceis é semelhante ao fato de um filho buscar a ajuda do pai quando não consegue, por si próprio, resolver algum problema. Intuitivamente, o ser humano sabe que Deus é seu Pai e sua Mãe. Por isso, busca essa orientação. Isso prova que existe uma relação íntima entre Deus e o ser humano. Por isso a Seicho-No-Ie afirma que o ser humano é filho de Deus.

 

De qualquer forma, mesmo sendo filho de Deus, por que você não O escuta? É porque você não se reconhece como filho de Deus. Assim também ocorre com o pai do seu vizinho. Você não “dá ouvidos” ao pai do seu vizinho, porque sabe que ele não é o seu pai. Por você ter reconhecido quem é seu pai, de fato, você passa a ouvir as suas orientações e segui-las. Portanto, o primeiro passo para ouvir Deus é reconhecer-se como Seu filho.

 

Outro ponto que merece atenção é o fato de achar que Deus é um ser separado de você e que Ele está em um lugar muito distante, quase inacessível. A partir dessa crença, cria-se uma sensação de distanciamento entre você e Deus. Mas, na verdade, Deus está em você, e você está em Deus. Essa é a Imagem Verdadeira da sua vida. Saber disso é um passo sumamente importante para você “ouvir” Deus.

 

Outro fator que contribui muito para essa sua sensação de distanciamento de Deus são os sentimentos de ódio, inveja, culpa … Por isso, cabe a seguinte reflexão: você quer realmente “ouvir” Deus? E, mais ainda, seguir as Suas orientações? Ou apenas quer resolver os seus problemas imediatos? Seja sincero consigo e com Deus. Se você constatar que está com uma tendência egocêntrica, ou seja, acredita que só você tem razão, destrata as pessoas ao seu redor, os seus familiares principalmente, só busca vantagens para si, não vê problema em roubar um pouco que seja, não ajuda os outros, não perdoa, você intensifica a sensação de distanciamento de Deus, e, consequentemente, faz surgir uma “falha” na comunicação entre Deus e você.

 

A proposta da Seicho-No-Ie para você escutar Deus em todos os momentos da sua vida está expressa de forma bem clara na Revelação Divina da Grande Harmonia: “Reflexiona e reconcilia-te”. A gratidão a todas as coisas do céu e da terra, principalmente aos pais, faz com que se abra o canal de comunicação entre você e Deus. Você passa a viver com Deus e não recorrer a Ele somente quando a situação se torna adversa. Isso é totalmente diferente, pois estabelece-se uma relação de pai e filho e não de interesse egoístico. Esta é a vida de um autêntico filho de Deus. É a vida que todos, no fundo de sua alma, querem viver, repleta de harmonia e felicidade, pois isso já está dentro de você, é a Imagem Verdadeira da sua vida. Portanto, basta “ouvir” Deus que habita o seu interior e seguir as Suas orientações.

 

De qualquer forma, ainda pode surgir outra indagação: como saber se as orientações são divinas realmente? Uma das razões de surgir essa “desconfiança” é pela falta de “treino” para falar com Deus. Isso é semelhante a quando encontramos conhecidos da nossa infância, depois de longos anos e temos dificuldade para reconhecer essas pessoas. Isso acontece porque perdemos o contato com eles. Disso surge a dúvida: “será que essa pessoa é quem eu estou pensando? Será que eu a conheço realmente?” Da mesma forma, se perdemos o “contato” com Deus, ou não o contactamos com mais frequência, cria-se essa sensação de “desconfiança”. E, muitas vezes, quando recebemos a Sua orientação ficamos duvidando se ela é verdadeira ou não. O que fazer então para resolver essa situação? O mesmo que devemos fazer com os nossos amigos de infância: estreitar o contato. Por isso, na Seicho-No-Ie aprendemos que é importante entrar em contato com Deus todos os dias, através da prática da Meditação Shinsokan. É uma prática consciente, na qual visualizamos e contemplamos Deus. Você pode aprender essa meditação participando de nossas reuniões realizadas em diversas localidades do Brasil. Ao final desta revista você encontra os endereços e telefones destas sedes. Além disso, você pode solicitar pelo site: livrariasni.org.br o livreto “Shinsokan e outras orações” em que consta o passo a passo para realizar a Meditação Shinsokan.

 

Quando há a prática frequente da Meditação Shinsokan, desenvolvemos nossa intuição. A intuição é a voz de Deus, é como um “sussurro” que vem da nossa alma e sempre nos orienta para o caminho correto. Não é algo misterioso, é algo muito simples. Muitas pessoas perdem a oportunidade de desenvolver essa intuição por não terem “paciência” para fazer diariamente esse contato com Deus. A intuição é uma sensação que brota do nosso interior e nos orienta sobre determinadas situações, como, por exemplo: qual curso universitário devemos seguir, se devemos ou não fazer negócio com determinada pessoa, saber se ela (ele) é realmente a alma gêmea, dentre outras diversas situações que existem em nossas vidas. Pode acontecer de você duvidar, quando tiver uma intuição, e por isso resolve não tomar a decisão de acordo com ela. Mesmo assim, você verá que as coisas se desenrolarão de acordo com essa intuição. Por exemplo, o seu relacionamento amoroso termina e você tentou não dar ouvidos a uma intuição que já lhe dizia que isso seria o melhor para os dois. Se você tivesse seguindo sua intuição evitaria um término de relacionamento desarmonioso e desgastante. Ou não precisaria ter tido perdas financeiras, por ter fechado negócio com a pessoa equivocada, ou não ter perdido um ano de estudo em um curso universitário que não era sua vocação.

 

Enfim, através dessas experiências você vai se conhecendo melhor e aprendendo a identificar as suas intuições e saber lidar com elas. É um processo de autoconhecimento e aprofundamento na sua relação com Deus. Além disso, uma outra forma de identificar se as intuições vêm de Deus é que elas nunca o conduzirão a fazer algo que cause danos ao próximo e a si próprio. Por isso, tome a decisão de reservar um momento em seu dia, para se sentar em silêncio, anular os pensamentos egocêntricos, sentimentos ruins, reconciliar-se com as pessoas, coisas e fatos e praticar a Meditação Shinsokan. Dessa forma, você desenvolverá a sua intuição e se tornará uma pessoa muito mais feliz e realizada.

 

Luciano Sundin do Lago

Quero ouvir Deus. Revista Fonte de Luz – Ano LV - Nº599 – Novembro/2019 - pp. 21 - 23​