Eu não pedi para nascer

Seu pedido não foi feito por WhatsApp, vídeo no Tik Tok, nem por uma chamada de vídeo e, muito menos, por e-mail. Mas, com certeza, a vontade de evoluir espiritualmente falou mais alto que tudo, conectando você aos seus pais, para que eles fossem o passaporte para você vir à Terra.

Independentemente da forma como nossos pais agem, eles nos amam profundamente. Vamos dar alguns exemplos desse amor, que muitas vezes não entendemos: quando tem aquele rolê que todos os seus amigos vão, mas aí seus pais te dão um não bem grande; quando eles te pedem pra chegar em casa cedo, até determinado horário, contrariando sua vontade de chegar mais tarde; ou quando você não se dá bem em alguma matéria na escola e eles não gostam. Você já passou por alguma dessas situações? Sabe o que tudo isso significa, de verdade? Amor.

Sabe aquela história de que pais só mudam de endereço? Uns mais durões, mais fechados, sérios, outros mais sensíveis, abertos ao diálogo, mais divertidos, mas, na essência, todos amam seus filhos. Quando nos encontramos em situações desafiadoras, se nossos pais pudessem, eles trocariam de lugar com a gente, só para não nos verem sofrer. Esse é o amor incondicional.

Os pais torcem tanto pela felicidade dos filhos, que têm o desejo sincero de que seus filhos sejam melhores que eles, por isso se esforçam para colocá-los nas melhores escolas, cuidam para que estejam rodeados de pessoas do bem, que sejam pessoas que fazem o bem e que se tornem cidadãos melhores do que eles foram. E sabe por quê? Porque é o natural da vida, é o desenvolver infinito.

Somos filhos de Deus, dotados de todas as capacidades infinitas, isso não é segredo para ninguém que pratica os ensinamentos da Seicho-No-Ie, porém, quando falamos desse mundo aqui, da Terra, para que possamos viver essas capacidades precisamos despertá-las para que, assim, se manifestem.

Por isso que mesmo que seus pais, aparentemente, não sejam os melhores pais aos seus olhos, acredite que eles te amam, que independentemente dos erros que você enxerga, tanto eles quanto você estão aqui para evoluir. Se mesmo assim ainda é complicado aceitar os pais que você tem, vamos partir para a prática.

Utilize do poder da palavra escrevendo no Diário de Elogio, uma prática simples que pode ser realizada todos os dias. Escreva sobre os pais maravilhosos que gostaria de ver manifestados, reconheça que eles já são pais incríveis. É uma oportunidade de visualizar a Imagem Verdadeira daqueles que te permitiram estar aqui e agora.