Meu filho virou vegetariano. E agora?

Possivelmente você já tenha ouvido falar de pessoas que decidem adotar uma dieta vegetariana, reduzindo o consumo de carnes e proteínas animais. Muitas destas pessoas, colocando-se em posição de vanguarda, buscam uma vida mais saudável, procurando ter um estilo de vida melhor. Outras estão em busca de contribuir com a preservação dos recursos naturais e de muitas espécies de seres. Pensam mais do que em si próprias. Entendem que é necessário ter um olhar para as futuras gerações.

Segundo a Organização das Nações Unidas, a pecuária é uma das atividades que mais contribui com os problemas ambientais de maior gravidade a envolver todo o planeta: da poluição do ar, passando pelos problemas de biodiversidade e alterações climáticas, chegando ao desperdício de água. Esta indústria acaba se tornando um grande impedimento para o desenvolvimento sustentável da Terra.

Diante deste cenário, a Holanda, por exemplo, acaba de recomendar que, até 2030, a população mude sua dieta para uma alimentação à base de plantas.

Leia o artigo completo na Revista Fonte de Luz pelo link.

Iara Regina Colombo

Graduada em Letras Espanhol/Português pela USP, deixou 23 anos de sala de aula para atuar como funcionária da SEICHO-NO-IE DO BRASIL no Departamento de Educação dos Preletores. Mãe de três filhas, também engajadas no movimento, conheceu a Seicho-No-Ie aos 6 anos de idade por intermédio de sua mãe. Frequentou reuniões de crianças, juvenis e jovens.   Já foi presidente de associação local e regional da AJSI/BR,  atuou como presidente dos educadores regional. Tornou-se Líder da iluminação em 1994 e atualmente como preletora em grau sênior ocupa a função de  Membro da Comissão Executiva Central do Departamento de Educação dos Preletores da SEICHO-NO-IE DO BRASIL.