03 – Pergunte ao Preletor

PERGUNTA: Meu marido tem o hábito de falar mal das pessoas, rir da desgraça alheia, gritar e humilhar os outros, muitas vezes se acha superior aos outros, e isso me incomoda muito, já não sei mais o que fazer, faço meditação, oração do perdão e quando vejo fazendo tudo isso me irrito novamente. Já conversei com ele a respeito e falei para ele se colocar na posição da pessoa, no momento da conversa ele se cala e depois começa a fazer tudo de novo. Como devo agir? GC

RESPOSTA DO PRELETOR: Querida leitora, muito obrigada por escrever para nós e compartilhar sua dúvida. Pode ser que outras pessoas estejam passando pelo mesmo desafio. Vamos conversar um pouco sobre a questão. Orar e meditar são ações fundamentais em nosso cotidiano. Agora eu te pergunto: com que mentalidade você está orando? Corrigir o erro do marido? Será que sua mente não está julgando-o? 

Sabe, vemos no outro somente o que existe dentro de nós. Por exemplo: quando estudamos um idioma estrangeiro reconhecemos de longe uma pessoa que está falando neste idioma. Está tudo dentro de nós. Aquilo que você vê em seu marido existe dentro de você. Reflita se sua alma tem mantido pensamentos dessa mesma natureza e esforce-se no sentido de mudar. O reflexo de sua mudança será a mudança de seu próximo. Lembre-se do que nos ensina o Canto para Contemplar a Imagem Verdadeira: “Se oro, o mundo me responde e se move quando eu me movo.” Ao orar com pensamento que julga ou tenta corrigir um erro, agimos como se estivéssemos reforçando a ideia de que ele erra e que não tem amor ao próximo. Quem deseja melhorar o destino deve sempre usar boas palavras e proceder de maneira amável e educada. É um erro pensar que o outro é quem deve mudar. Se deseja que o próximo manifeste sua natureza verdadeira, seja o ponto de partida para manifestar essa perfeição. Quanto mais amável e gentil você for, mais será capaz de levar o seu próximo a manifestar sua natureza divina. Use sua ferramenta mais importante: a mente. Todos os dias mentalize “meu marido é uma pessoa admirável!”. Dedique para ele um caderno de elogios. Diariamente escreva para ele palavras de amor e que expressem as características mais sublimes dele: meu marido é gentil, meu marido é amoroso.

Aproveite essa oportunidade de treinamento e leia o livro Cresça Vigorosamente. A leitura desse livro lhe dará uma injeção de ânimo para adotar uma nova postura e conquistar todos os seus objetivos. Você é muito generosa e cheia de amor. Tenho certeza de que em breve vai nos escrever para relatar a mudança na postura de seu esposo, pois, o que cura realmente é o Amor. Estamos aqui orando pela harmonia de sua família. Deus te abençoe. Muitas Felicidades!

 

 

Resposta feita pela Preletora em Grau Sênior Iara Regina Colombo 
Reposta publicada em: Revista Fonte de Luz – Ano LV – Nº 603 – Março/2020 – pp. 24 – 25 – na Seção: Pergunte ao Preletor

Envie sua pergunta! Não há a necessidade de se identificar. Basta as iniciais, a idade e endereço, para enviarmos a resposta.
Escreva para: Revista Fonte de Luz – “Pergunte ao Preletor” – End.: Av. Eng. Armando Arruda Pereira, 1266 – Jabaquara – São Paulo-SP – CEP: 04308-900 ou por e-mail: fraternidade@sni.org.br ou pelo WhatsApp da Associação Fraternidade – (11) 5014-2257.

Deixe um comentário