CERIMÔNIA EM MEMÓRIA DOS PIONEIROS DO BRASIL E ORAÇÃO PELA PAZ MUNDIAL

Cerimônia dos Pioneiros - Destaque

CERIMÔNIA EM MEMÓRIA DOS PIONEIROS DO BRASIL E ORAÇÃO PELA PAZ MUNDIAL

Quando o Sagrado Mestre Masaharu Taniguchi e sua esposa visitaram o Brasil em julho de1963, comemorava-se os 55 anos de imigração japonesa no Brasil. O saudoso Prof. Miyoshi Matsuda consultou o Mestre sobre a possibilidade de construção de um monumento em memória aos imigrantes japoneses. E ele respondeu: “Não foram somente os japoneses que desbravaram o Brasil, por isso consagre os espíritos de todos os povos que ajudaram a desbravar o Brasil”.

Em uma pedra natural de 6 toneladas, foram cunhadas pelo Preletor Hisao Setani as seguintes palavras, a partir da escrita do próprio Sagrado Mestre Masaharu Taniguchi: MONUMENTO AOS PIONEIROS, e ao lado desses dizeres: Monumento em memória aos desbravadores do Brasil. O próprio Mestre inaugurou o Monumento no  dia 29/08/1963, que passou a fazer parte do Santuário Hōzō e a partir de então, todos os anos é celebrada com grande pompa a Cerimônia em Memória dos Pioneiros do Brasil, no dia 7 de Setembro. E nas grandes Cerimônias realizadas na Academia, é realizada a Cerimônia de Consagração de Flores no monumento e proferidas as palavras de gratidão.

Consta nas Palavras da Cerimônia em Memória dos Pioneiros do Brasil:

“O Brasil, descoberto pelo português Pedro Álvares Cabral no ano de 1.500 da Era Cristã, apesar de sua História abranger o curto período de apenas 520 anos, possui hoje imenso território já desbravado e desenvolve-se como nova nação de elevada cultura. Sem discriminação racial, admitindo a coexistência livre e alegre de povos oriundos de todas as partes do mundo, está trilhando o caminho do progresso para se tornar o País ideal. Isto é motivo de infinita alegria para nós que aqui viemos e fomos abençoados por essa graça. Todo progresso atual do Brasil é fruto do grandioso trabalho dos pioneiros e seus descendentes, que vieram de todos os países e dedicaram sua nobre vida ao desbravamento. São, pois, verdadeiramente dignos de infinita gratidão.”

No próximo dia 7 de setembro, vamos prestar esta justa homenagem a todos esses valorosos pioneiros, e realizemos a leitura conjunta da Sutra Sagrada “Chuva de Néctar da Verdade”, que contém a verdade única e comum a todas religiões, orando para que esses espíritos, que vieram de todos os países para ajudar na construção da pátria brasileira, aceitem nossa oferenda, ascendam continuamente a elevadas posições do mundo espiritual, protejam cada povo e seus descendentes, tornem-se protetores do Brasil, protegendo e orientando para que o País progrida incessantemente e se torne um paraíso, pleno de Paz conforme a vontade Divina.

Data: 7 de setembro de 2021, às 9h00

Transmissão virtual pelo canal oficial da Seicho-No-Ie no Youtube.

Muito obrigado!

Ofícios Religiosos: (11) 5014-2246